Guia completo para fazer compras na Black Friday no exterior

Veja tudo o que você precisa saber antes de realizar compras no exterior pela internet

Como fazer compras na Black Friday no exterior

A Black Friday rufa os tambores do mercado varejista e atacadista. Os sites de compras nacionais e internacionais já estão a todo vapor e as ofertas não param com valores chegando até 90% de desconto, sem falar nos cupons, que caíram no gosto do brasileiro e chegam nos e-mails.

Para te ajudar a aproveitar tanto as ofertas de sites e lojas brasileiras, quanto a dos ‘sites gringos‘, preparamos esse guia completo de como fazer compras na Black Friday no exterior!

O maior evento de compras que bombou lá em 2001, mas é ainda mais antigo do que se conhece e nasceu de forma curiosa, atualmente tem ganhado pessoas de todas as partes do planeta e existem países, assim como o nosso, que resolveram imitar e é imitar aquilo que dá certo, regra clara.

Na sequência, falaremos sobre compras no exterior e o quanto elas podem fazer a diferença para o seu bolso e até mesmo pagando pouco em casos de fretes. A magia da Black Friday permite que além do mercado nacional, o cliente possa se aventurar com zelo, no internacional.

O que é a Black Friday no exterior?

Que a Black Friday é um evento de grande porte nos Estados Unidos isso ninguém tem dúvida. Nasceu há muitos anos e tornou-se boom de vendas desde 2001 com o forte apelo popular que contagiou as duas Costas do país e é motivo inclusive de europeus, asiáticos, latinos e pasmem, oceânicos – pessoas oriundas da Oceânia, que atravessam longas jornadas de avião até o estado do Havaí, para em seguida, irem até a Califórnia.

Esse é o resultado de um evento que se tornou maior que o país. Alguns países como o México e Canadá por serem próximos ao vizinho e detentor do evento, também resolveram criar algo parecido para não perderem consumos dentro de seus respectivos estados.

Mas, a briga ainda assim continua sendo difícil e a publicidade americana ainda se mantém forte para o mês de novembro na Black Friday.

Os concorrentes tentam “brigar” para não perder dinheiro, mas a luta ainda é grande. Como bendizemos, a Black Friday é sensação em vários países no mundo.

É o evento que marca o encontro de turistas de diversas nacionalidades e é motivo para fazer compras por preços especiais.

Como aproveitar ofertas de lojas estrangeiras

Alguns cartões estão dentro das melhores condições especiais dos últimos anos para a data mais aguardada.

Esses cartões podem estar relacionados às promoções imperdíveis que vão surgir na Black Friday. E os descontos podem chegar na casa de 70% com parcelamentos diferenciados, cashbacks e frete grátis. As ofertas são imperdíveis.

Algumas marcas de cartões possuem bandeiras internacionais, não exigem renda, zero anuidade ideal para compras no site da Amazon, AliExpress e Shopee.

Agora, caberá ao cliente fazer uma vasta pesquisa e saber aproveitar as compras na Black Friday no exterior.

Os sites Gizmodo Americano, Wirecutter e The Verge são responsáveis por listar produtos e ofertas que podem caber demais no bolso e são bastante atrativos para todos os clientes.

Que produtos valem a pena comprar na Black Friday no exterior?

O final do ano chegou e a lista de desejos parece que só aumenta. É surreal o quanto algumas marcas de tênis, celulares, TVs, eletrodomésticos, smartwatches, fones de ouvido e outros produtos são cobiçados pela sociedade.

O americano recebe em dólar e o seu mercado é todo voltado para a moeda local, diferentemente de alguns países que aceitam cinco ou seis moedas, dependendo da região.

Mas o objetivo é o mesmo e a lista não pode parar. Vejamos alguns:

  • Celulares tecnologia 5G;
  • TVs Smart;
  • Geladeiras;
  • Refrigeradores;
  • Pacotes de viagens;
  • Eletrodomésticos;
  • Carros;
  • Motos;
  • Smartwatches;
  • Fone Bluetooth;
  • Outros.

Como fazer compras internacionais

É necessário que o cliente tenha em mãos as melhores condições do mercado para cartões de crédito. Muitos bancos ou financeiras possuem cartões internacionais que são aceitos em sites fora do Brasil, que tenham demanda para bandeiras conhecidas como Mastercard, Visa, Amex (American Express) e Diners Club International.

Bastará o cliente cadastrar esse cartão e vale reforçar que ter crédito também é importante para que consiga fazer compras.

A magia do cartão internacional consiste em fazer compras e ganhar pontos, sendo na moeda do próprio país ou em dólar, que é bastante comum também.

No caso de não poder estar pessoalmente na Black Friday americana, basta ter um bom site que tudo se resolve em compras.

Quais meios de pagamento posso usar para comprar no exterior?

Para aproveitar todos os tipos de oportunidades que surgem com a Black Friday, é preciso ‘ter nas mãos’ os principais meios de pagamentos, para assim, estar apto a realizar suas compras em qualquer loja do exterior.

Para facilitar a sua vida, na sequência, listaremos os métodos mais comuns que são aceitos praticamente em todos os lugares do mundo e vão desde o tradicional cartão de débito, passando pelos cartões pré-pagos, até chegar nas principais ferramentas de envio/recebimento de dinheiro do exterior.

Cartão de débito

  • Pagar à vista: função débito e com moeda estrangeira;
  • Avenue Banking: Famoso nos Eua com milhares de correntistas;
  • Desconto na conta: Débito em conta e controle das finanças;
  • Depósitos ou transferência: Enviar dinheiro para a conta corrente.

Cartão de crédito internacional

  • Visa: Mais de 1 bilhão de clientes no mundo todos aceitam;
  • Mastercard: Quase 1 bilhão de clientes e concorrente forte;
  • Amex: Para os que gostam do verde do dólar em pagamentos;
  • Diners: Também para clientes ousados e famoso pelos pontos ganhos.

Cartão de crédito pré-pago internacional

  • Recarga: Opção de recarga e ideal para serviços práticos;
  • Segurança: Fácil de ocultar dados pessoais.

Conta digital americana

  • Avenue Banking: Utilizado com débito virtual e seguro para aplicativo;
  • Código de Segurança: Sempre atualizado e com pouco risco de clonagem.

Paypal

  • Pagamento online: Prático e seguro em qualquer lugar que tenha o serviço;
  • No celular ou PC: Os jovens adoram pela segurança em não passar dados.

Remessa Online

  • Transferências internacionais: Simples e sem burocracia;
  • Melhores taxas: Devido o envio de moeda para outros países 1,3% e zerada acima de R$ 2.500;
  • Banco Central: Reconhecido e cadastrado no sistema do BC como credibilidade.

Como receber suas compras do exterior

Existe uma opção que é a da Qwintry, empresa de redirecionamento de encomendas. Basta que o cliente faça um cadastro gratuito em seu site e que poderá também ser feito nas plataformas de celular Android e iOS.

Com isso, o cliente receberá um endereço customizado dos galpões da empresa lá no estado de Delaware que é livre de impostos comerciais.

Feito todo o processo inicial, o cliente deverá fazer compras em sites como Amazon, eBay e etc. Aí, é só entregar no seu endereço da Qwintry.

Assim que chegarem ao local e for notificado é só mandar para o Brasil ou qualquer outra parte do mundo.

Para nós brasileiros o frete é calculado com base no preço do quilo, então a regra é quanto mais pesado a caixa estiver mais barato será o preço por quilo.

Quanto custa o frete?

Dentro do Brasil, a média dos Correios é de R$15 por entrega.Porém o valor de frete internacional costuma ser de aproximadamente US$ 25 (cerca de R$135).

Há o risco de ser pego na alfândega?

Sim. Mercadorias que não estejam com notas e devidamente identificadas podem sim cair na alfândega e dependendo do tipo de produto serem barradas ou taxadas.

É proibido comprar armas, animais, substâncias puras de laboratórios. Cabe mesmo é avaliar o tipo de produto.

Qual o valor da taxa?

  • Para compras nos Estados Unidos e não taxação pela alfândega é de 500 dólares;
  • Se a compra não ultrapassar US$ 3.000, é aplicável o regime simplificado de tributação em 60% sobre o produto aduaneiro;
  • Isenção em até US$100 pedindo na Receita;
  • Livros, revistas e remédios (até US$10 mil) não têm imposto.

Melhores formas de comprar no exterior

Vai depender bastante do quanto você está disposto a pagar pelo serviço. A regra é conhecer o que as suas próprias finanças têm a lhe dizer e se organizar durante o ano para a Black Friday.

Vale destacar que o dólar no Brasil está acima de R$5 e os produtos pagos nos EUA são na moeda local, por isso é preciso escolher o melhor caminho na hora de ir às compras e saber como trazê-las ao país de origem.

Compra e envio por terceiros

Caso tenha um familiar ou amigo que possa receber as compras na Black Friday no exterior ou até mesmo trazê-las ao seu país de origem fica mais barato.

Mas veja bem, digamos que comprou um tênis numa loja no estado da Flórida, porém o seu amigo ou familiar mora no estado do Wisconsin que fica na divisa com o Canadá.

Não vale a pena enviar para ele, sendo que o produto teria que descer novamente o país, para enfim chegar até o Brasil, por exemplo. Pagará fortunas de fretes.

Talvez nesse exemplo fica mais interessante devido às dificuldades em trazer o produto, esperar um momento em que essa pessoa o visite no seu país e venha com o produto na mala pessoal.

Melhores serviços de entrega estrangeiros para o Brasil

  • BoxBrazil;
  • MercadoDireto;
  • Qwintry;
  • USPS;
  • Fedex;
  • DHL;
  • Box 4 World;
  • Brabox;
  • Zipplin;
  • Shipito.

Melhores sites de entrega de produtos estrangeiros no Brasil

  • PuntoMio;
  • MyUS;
  • Ship2Me;
  • SkyBOX ;
  • Brazzusa;
  • AliExpress;
  • CompraFora;
  • Wish;
  • AmericanasMundo;
  • Banggood;
  • TinyDeal;
  • Gearbest;
  • Urbanoutfitters.

É seguro comprar na Black Friday no exterior?

Como é sempre indicado em qualquer lugar no mundo, deve-se atentar aos golpes de cartão de crédito, roubos, furtos e clonagem de dados – se for pela internet.

A regra não muda muito, mas o que está em risco é o seu dinheiro. Portanto, é necessário avaliar sites de confiança e lojas físicas que realmente estejam participando da Black Friday e que não praticam fraudes com os clientes.

Na dúvida sobre as compras na Black Friday no exterior, denuncie e exija seus direitos.

Melhores sites para comprar na Black Friday no exterior

Assim como temos os melhores sites e lojas brasileiras na Black Friday, é de se destacar também que os sites americanos possuem pechinchas que fazem os olhos brilharem em referência a tão esperada sexta-feira, data do evento.

A regra para compras e que não pode faltar está no Ebay, Amazon, Shopee, com os mais buscados pelo público.

Mas, não se pode esquecer de sites que já fizeram nome no mercado de compras como o Best Buy, Aliexpress, T-mobile e Alibaba que chegam para ganhar.

Vale a pena aproveitar a Black Friday americana?

Sim. O mercado americano é bastante aquecido pelo consumo e com isso existe ampla concorrência para que os preços sejam reduzidos e atraia compradores.

Mas para nós sul-americanos que temos moedas inferiores é necessário fazer contas, juntar dinheiro ou então planejamento via cartão de crédito ou pela bandeira do cartão para entrar na jogada. Mas, comprar nos sites ou lojas físicas é uma boa pedida.

Vantagens

É o período que remete a véspera do Natal com preços que podem fazer sentido ao bolso do consumidor.

Existem descontos progressivos para produtos e serviços. E a lucratividade para os lojistas e queima de estoques.

Sem falar que existem ofertas que podem chegar a quase 90% de desconto dependendo do produto e região.

Então vale sim se esbaldar com cautela no maior evento de compras do ano e adquirir o que mais deseja.

Desvantagens

Comparar preços e tomar cuidado com golpes da dita “Black Fraude” que pode não ser tão interessante ao bolso do cliente.

É necessário vigiar os e-mails para não cair no golpe de links e promoções que não existem e principalmente em cadastros de cartões em sites e aplicativos falsos.

Conclusão

O maior evento de compras do mundo está prestes a chegar e com isso as oportunidades para se ter os melhores produtos do mercado estão aí.

Ainda dá tempo de se organizar para as compras na Black Friday no exterior e comunicar aos amigos e familiares que estão fora do país que serão uma ponte no recebimento de produtos.

São eles que poderão ajudar na entrega do bem do cliente e fazer uma visitinha quando puderem.

A Black Friday também não é só compras, é a oportunidade de todos saírem ganhando e aproveitar quem sabe um Natal já com a compra dos presentes e pagando pouco!