Pessoal ou consignado? Esclareça suas dúvidas sobre esses tipos de empréstimos

Está precisando de dinheiro, mas não sabe qual é a melhor opção? No tema de hoje mostraremos o que é e as vantagens e desvantagens dos principais tipos de empréstimos no Brasil!

homem de negócios pedindo para moça assinar contrato, ela está com dinheiro na mão

Todos nós (ou a grande maioria, pelo menos), já tivemos um momento de aperto nas finanças, precisou quitar uma dívida ou até mesmo de dinheiro extra para realizar um sonho pessoal ou profissional, não é mesmo? O fato é que conseguir crédito no mercado para realizar tais objetivos pode acabar se tornando um problema e tanto…

Isso porque existem diferentes tipos de empréstimo no Brasil, uns mais vantajosos que outros, uns mais caros que outros, uns mais extensos que outros, enfim. É aí que o brasileiro pode perder total controle sobre suas finanças, pois somos uma população com pouca educação financeira e na hora de solicitar esse tipo de crédito, não avaliamos os prós e contras. 

Além disso, estamos tão ansiosos para resolver nossos problemas financeiros ou realizar nossos projetos de vida, que nem paramos para pensar sobre que linha de crédito é essa que está sendo oferecida, ou seja, se é um empréstimo pessoal ou consignado, por exemplo.

Mas, se você precisa de um empréstimo, saiba que entender melhor sobre as diferentes modalidades é fundamental, pois cada tipo possui características específicas, que podem ser mais ou menos vantajosas a seu bolso e com certeza isso fará muita diferença em seu orçamento familiar.

Por isso, para poupar seu tempo e não precisar sair por aí pesquisando quais os tipos de empréstimos que existem, a seguir mostraremos a você quais são os dois mais ofertados no mercado brasileiro e suas vantagens e desvantagens, para que você possa contratar a linha de crédito ideal para a sua realidade financeira, afinal, uma boa escolha está diretamente ligada ao conhecimento, concorda? Vamos lá?!

Índice de conteúdo:

Quais são os tipos de empréstimos mais comuns no Brasil?

Empréstimo pessoal

Empréstimo consignado

Então, qual é o melhor empréstimo?

 

Quais são os tipos de empréstimos mais comuns no Brasil?

Há quem se arrepie dos pés a cabeça só de escutar a palavra “empréstimo” e há quem diga que essa é uma das oitavas maravilhas do mundo financeiro… Quem está com a razão? Ambas as partes, pois o crédito extra pode ser sim um vilão a suas finanças pessoais, mas se usado com consciência e conhecimento, pode ser um aliado e tanto no orçamento dos brasileiros. 

O que irá fazer com que seja um problema ou uma solução é justamente a maneira como você utilizará o crédito e especialmente como contratará. Se você escolher um empréstimo que não cabe no seu planejamento financeiro, é óbvio que as chances dessa despesa vir a se tornar mais uma dívida é grande. 

Só que para isso, o segredo é conhecer os tipos de empréstimos que lhe são oferecidos, onde aqui no Brasil temos dois muito comuns: pessoal e consignado. 

Basicamente, o que diferencia um do outro são as taxas de juros e o prazo e forma de pagamento. 

E, para não restarem mais dúvidas sobre o assunto, preparamos para você um guia rápido com as vantagens e desvantagens desses dois tipos de empréstimo no Brasil. Confira!

Empréstimo pessoal

O famoso empréstimo pessoal, também conhecido como crédito pessoal, é sem sombra de dúvidas uma das modalidades mais comuns entre os brasileiros. 

Como o próprio nome sugere, esse tipo de crédito é pessoal, ou seja, é ofertado por uma instituição financeira diretamente a pessoa que precisa do dinheiro.

Assim, basta entrar em contato com a instituição ou banco e solicitar o empréstimo, sempre levando em conta os limites e as regras de quem está oferecendo o crédito. 

Justamente por essa simplicidade no processo que esse tipo é o mais acessível aos brasileiros, mas claro, implica também em prazos e taxas bem variados. 

Normalmente, esse empréstimo requer uma análise do perfil do consumidor, pois a instituição precisa ver se é viável ou não disponibilizar a quantia solicitada.

Vantagem do empréstimo pessoal

  • Rápida disponibilidade:

Esse é um dos tipos de empréstimos mais rápidos de ser contratado, pois, geralmente o procedimento de solicitação e análise de crédito é menos demorado.

Além disso, no caso do cliente já ter uma relação com a instituição financeira que solicitou o empréstimo, é comum quantias em dinheiro pré-aprovadas, fazendo com que seja ainda mais prático e rápido a contratação. 

  • Crédito mais acessível

Outra grande vantagem do empréstimo pessoal é quanto ao seu acesso amplo, já que é um tipo de crédito que está disponível a maioria das pessoas.

Diferentemente do consignado, no qual é preciso comprovar renda fixa, no crédito pessoal bastar estar com as finanças em dia ou ter um score bom, por exemplo.

Mas, não fique pensando que só quem está com o nome limpo consegue tirar empréstimo desse tipo, pois já existem no mercado diversas instituições que oferecem crédito até mesmo para quem está negativado.

Desvantagem do empréstimo pessoal

  • Taxas de juros mais elevadas

Por ser um dos tipos de empréstimos que não precisa de garantias (o oposto do consignado), um dos contras desse crédito são os juros altos. 

Como não é necessário o cliente deixar alguma garantia caso venha a não conseguir pagar o valor solicitado, como, por exemplo, um automóvel ou imóvel em seu nome, os riscos são maiores e por isso, as instituições financeiras costumam elevar as taxas de juros, a fim de compensar possíveis perdas. 

Por essa razão, esse é um dos empréstimos com os maiores juros do mercado, podendo chegar a mais de 115% ao ano.

  • Valores mais limitados

Outra desvantagem que torna o empréstimo pessoal uma opção negativa é com relação aos valores liberados aos clientes.

Novamente voltamos à falta de garantia, pois ninguém vai liberar uma quantia alta se não tem certeza se irá receber, concorda?

Por isso, esse tipo de crédito acaba limitando o poder de compra do solicitante, já que é uma modalidade com valores menores.

Geralmente, o valor liberado é o suficiente para quem precisa de pouco dinheiro, como para quitar dívidas e não para comprar um carro, por exemplo.

Empréstimo consignado

Vantagem do empréstimo consignado

  • Crédito com garantia

O principal benefício para quem contrata essa modalidade de crédito está na garantia oferecida, uma vez que o valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento do cliente. 

Assim, devido o empréstimo ser pago pontualmente e a instituição não precisar se preocupar se irá receber o valor ou não, muitas outras vantagens surgem, fazendo com que seja uma ótima opção de crédito.

  • Taxas de juros reduzidas

Uma vez que o pagamento é feito automaticamente na conta do contratante, os riscos de inadimplência são menores e consequentemente os juros são mais baixos.

Por isso, as instituições e bancos costumam praticar taxas de juros reduzidas, cerca de 23% ao ano.

  • Mais crédito com um maior prazo de pagamento 

Outra grande diferença entre o consignado e o pessoal é com relação ao valor liberado e o prazo para o pagamento. 

Via regra geral, o empréstimo consignado libera valores mais altos aos clientes e com prazos de pagamento estendidos, como, por exemplo, até 120 meses para pagar, ao passo que no crédito pessoal não passamos dos 48 meses.

Desvantagem do empréstimo consignado

  • Valor máximo de 30% sobre a renda mensal

Embora no empréstimo consignado a quantia em dinheiro seja maior que no pessoal, ainda assim há um “teto máximo” do que pode ser liberado.

De modo geral, o valor da parcela do empréstimo não pode ultrapassar 30% do vencimento mensal do cliente.

Ou seja, se você está com a renda comprometida, pode ser que não consiga esse crédito com tanta facilidade.

  • Público limitado

Outro grande pesar do empréstimo consignado é que essa é uma linha de crédito mais limitada. 

Basicamente, ela é oferecida a um público bem definido, como aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos, militares e trabalhadores com carteira assinada. 

Então, qual é o melhor empréstimo?

Agora que você viu os tipos de empréstimos e seus prós e contras, deve estar se perguntando qual vale mais a pena, não é mesmo?

Bom, não há um consenso geral sobre isso, já que cada modalidade trás suas vantagens e desvantagem. 

O fato é que cada um tem características que beneficiam mais ou menos um determinado público. 

Por exemplo, se você não tem como oferecer a garantia de pagamento descontado em folha, em pouquíssimos casos terá acesso ao crédito consignado.

Se está precisando de dinheiro urgente, para pagar as contas ou cobrir uma emergência financeira, a rapidez do crédito pessoal o torna uma opção atrativa. 

Além disso, é preciso considerar a real necessidade do dinheiro, ou seja, será que preciso pedir um empréstimo agora? Não dá para esperar um pouco?

 Se for um caso de urgência e você não tem outra forma de conseguir o dinheiro, o prazo e os juros cabem em seu orçamento? 

Lembrando que quanto menor o prazo para pagamento, maior o valor das parcelas e consequentemente, mais apertada ficará sua vida financeira. 

Além disso, mesmo no empréstimo pessoal, as taxas de juros podem ser mais baixas que outras contas, como a fatura do cartão de crédito e o cheque especial.

Então, é interessante pensar sobre isso, pois você pode pegar um empréstimo para trocar uma dívida mais cara por uma mais barata.

Todos esses pontos devem ser colocados na balança na hora de contratar um empréstimo, seja ele pessoal ou consignado. 

Somente avaliando esses fatores que você poderá escolher o crédito mais vantajoso ao seu bolso, com parcelas que realmente podem ser pagas. 

Então, pense sobre o assunto, trace um bom planejamento financeiro e escolha um dos tipos de empréstimos que beneficie seu bolso!