Como economizar sem perder a qualidade de vida?

Descubra como é possível economizar sem perder a qualidade de vida e ainda se preparar para o futuro

familia aprendendo a economizar

Economizar sem perder a qualidade de vida é um desafio muito grande, porém é importante compreender que a regra principal da saúde financeira é gastar menos do que se ganha.

É claro que parece uma recomendação óbvia, mas muitas pessoas não conseguem seguir essa orientação.

Dessa maneira, manter a qualidade de vida e ao mesmo tempo economizar se torna uma tarefa extremamente difícil.

Contudo, é importante compreender que guardar dinheiro não significa deixar de fazer as coisas que você gosta, é necessário apenas ser mais cuidadoso.

Sendo assim, como uma forma de ajudar, veja abaixo algumas dicas de como economizar sem perder a qualidade de vida.

Monte uma planilha com todas as despesas

Você está consciente de todas as suas despesas ou vai fazendo o pagamento das contas e das compras sem saber com exatidão de onde estão vindo?

Assim, o primeiro passo para administrar bem as suas finanças é tomar conhecimento referente as suas despesas mensais.

Para isso, o recomendado é montar uma planilha no seu computador, organizando as informações em duas colunas:

  1. Despesas essenciais (fixas);
  2. Despesas supérfluas (variáveis). 

Nos gastos essenciais é possível adicionar aluguel, água e luz. Já para os gastos supérfluos você pode citar as idas ao cinema e jantares fora de casa, por exemplo.

Com essas anotações se torna possível fazer uma análise detalhada de onde está exatamente o descontrole com os gastos e os valores de cada um. Então, ao final do mês, é possível ter um balanço dos custos por setor.

É válido mencionar que hoje existem aplicativos intuitivos e simples em que você consegue ter esse controle e que podem ser baixados gratuitamente através do seu celular.

Avalie o nível de vida que você leva

O que é visto como qualidade de vida para você pode não ser considerado para outras pessoas. Há quem acredite ser necessário uma viagem por ano, enquanto outros preferem reuniões com amigos e família. 

Então, isso tem relação direta com o nível de vida que você tem o hábito de levar.

Por essa razão, pense nesses hábitos e estabeleça qual é o seu estilo e o nível de vida.

Você é daqueles que preferem fazer refeições em restaurantes de forma frequente ou faz mais jantares em casa? É preciso trocar de carro todo ano ou só faz isso se for realmente necessário?

A partir dessa definição, você será capaz de compreender se os seus ganhos mensais são suficientes para manter o seu padrão de vida e os seus hábitos de consumo.

Assim, caso fique evidente que você está gastando mais do que ganha, é preciso replanejar a distribuição dos seus rendimentos segundo as suas prioridades. 

Controle os gastos supérfluos para economizar sem perder a qualidade de vida

Geralmente as pessoas tendem a se preocuparem apenas com os gastos altos, mas é necessário entender que os gastos supérfluos, quando somados, também representam um peso bem significativo no seu orçamento.

Então, sabe aquele happy hour que você não abre mão de forma alguma com os seus amigos? Caso seja repetido várias vezes durante um mês, vai sair bem caro para o seu bolso.

Sendo assim, pegue papel e caneta e anote quais são os gastos supérfluos eu você possui e quantas vezes eles se repetem durante o mês.

Em seguida, some o valor mensal e avalie se isso está dentro do que você realmente pode pagar. Caso estejam excedendo, veja se é possível reduzi-los ou até mesmo substitui-los por outras atividades que sejam mais em conta para o seu bolso.

Afinal de contas, o happy hour pode se tornar uma reunião em casa uma vez por mês, por exemplo.

Prefira comprar à vista

Outra recomendação bastante importante para economizar sem perder a qualidade de vida é preferir comprar à vista.

É sabido que é tentador comprar um produto que é seu sonho de consumo em várias parcelas, mas isso pode fazer com que a quantia se torne ainda maior por conta das taxas e juros que estão inclusos no parcelamento. 

Dessa forma, o mais indicado é dar preferência as compras à vista sempre que possível.

O produto é caro? Que tal se planejar financeiramente para poupar dinheiro e juntar o valor necessário para fazer o pagamento à vista? 

Assim, o seu poder de negociação com a loja será até mesmo maior, o que traz a chance de pedir até mesmo um bom desconto.

Faça planos em médio e longo prazo

Uma das principais estratégias para conseguir economizar sem perder a qualidade de vida e estando consciente é traçar objetivos e metas para poupar.

Portanto, que tal estabelecer um valor para custear a viagem em família? Ou planejar a troca do carro no ano seguinte?

Ora, ter objetivos para o seu dinheiro torna o hábito de economizar real e ajuda até mesmo a manter o foco. Por conta disso, faça planos em médio e longo prazo para as suas finanças.

Conclusão

Viu como é possível economizar sem perder a qualidade de vida? Então, é só colocar em prática tudo que você viu aqui.