SPC Brasil: O birô de crédito mais importante do consumidor brasileiro

Referência quando o assunto é proteção ao crédito, o SPC pode ser um importante aliado para suas finanças

SPC Brasil Tudo que você precisa saber sobre este birô de crédito

Quando se fala em SPC, muitos já coçam a cabeça, temendo por algum problema que virá. Afinal, o birô de crédito é tido como um vilão do fluxo entre cliente e lojista, principalmente pelas negativações. De fato, esse é um dos trabalhos do órgão, já que ele atua na proteção ao crédito.

Porém, ele possui vários benefícios ao consumidor. Duvida? Venha conosco, pois vamos mostrar o porquê o SPC é tão importante para você conseguir fazer suas compras até mesmo de forma mais vantajosa.

O que é o SPC Brasil?

O SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) é um birô criado em 1955 pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), logo se expandindo pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL’s) de todo o país.

A ideia inicial da empresa era criar um grande banco de dados sobre os registros de crédito e inadimplência no comércio. Atualmente, o SPC conta em seus banco de dados com informações fornecidas por mais de 2.200 entidades espalhadas pelas principais cidades brasileiras.

Como funciona o SPC?

O SPC monta seu banco de dados junto às lojas conveniadas, coletando informações sobre registros de crédito e a inadimplência de pessoas físicas e até mesmo pessoas jurídicas.

Com essas informações, o SPC monta uma avaliação do consumidor através de seu histórico comercial, se efetuou os pagamentos em dia e quando os honrou. Após ter esse compilado, o birô os deixa disponíveis para os demais lojistas cadastrados.

SPC Score

Esses dados oferecidos pelos lojistas montam o que conhecemos como SPC Score. Abaixo, vamos explicá-lo melhor.

O que é e como funciona

Esse banco de dados montado pelos lojistas transforma-se em um indicador de comportamento financeiro. A cada nova compra honrada em dia, você mostra um bom relacionamento com o mercado e seu score aumenta.

Esse score, tal qual o do Serasa, é uma métrica em que o SPC dá uma pontuação entre 0 e 1000 para esse seu relacionamento com o mercado (não importando se for PF ou PJ). E quanto maior for sua pontuação, maiores são as chances de ter crédito.

Você pode consultá-lo clicando aqui. Porém, o serviço é recente e nem todos os CPF’s ainda estão disponíveis.

Pontuação de crédito

Abaixo as faixas de pontuação do score do SPC:

  • Baixo: 0 a 300 pontos
  • Médio: 300 a 700 pontos
  • Alto: 700 a 900 pontos
  • Perfeito: 900 a 1000 pontos

Pontos levados em consideração para aumentar ou diminuir o score

Confira quais são os critérios do SPC para calcular seu score:

  • Contas em aberto
  • Crediários em aberto
  • Crediários quitados
  • Empréstimo em aberto
  • Empréstimos quitados
  • Financiamentos em aberto
  • Financiamentos quitados
  • Inclusão no cadastro positivo
  • Participação em empresas

Como melhorar o score de crédito

Confira os principais pontos para aumentar seu score:

  • Honrar seus pagamentos em dia
  • Deixar seus dados cadastrais atualizados
  • Estar com poucos empréstimos em aberto
  • Ter poucos financiamentos
  • Não ter muitos cartões de crédito (máximo 2)

Cadastro Positivo SPC

Você deve ter visto o nome “Cadastro Positivo” logo acima, mas você sabe o que ele significa? Bom, fique calmo, vamos mostrar.

O que é e como funciona

O tão temido Cadastro Positivo na verdade é uma ferramenta criada que pode ser muito benéfica para o consumidor. Ela vem da união do Serasa, SPC, Boa Vista e Quod, os principais birôs de crédito do país, que formaram a Associação Nacional dos birôs de Crédito (ANBC).

Dessa união, surgiu uma análise de crédito criteriosa e bem extensa. Com ela, cada birô fornecerá seu know how em determinada área para criar um grande banco de dados completo, o que facilitará seu relacionamento com o mercado.

Impacto na vida do consumidor

Com o Cadastro Positivo mais robusto, bancos e instituições financeiras que tiverem acesso a ele terão uma melhor percepção do seu perfil consumidor.

Com isso, elas poderão oferecer melhores condições financeiras e vantagens no mercado, como taxas de juros mais atraentes para empréstimos ou mais limite no seu cartão de crédito, enfim.

Para que serve o birô SPC?

O SPC tem como objetivo oferecer ao mercado de lojistas um banco de dados em que há uma completa análise do comportamento do consumidor junto a essas instituições.

Consulta de CPF grátis

Além disso, o SPC passou a oferecer recentemente o serviço de consulta grátis ao seu CPF. Nele, você terá acesso às suas principais movimentações financeiras e seu comportamento junto ao mercado.

Limpar o nome

Esse serviço, já famoso, é oferecido há anos pelo órgão. Quando você está inadimplente, seu nome fica “sujo” (ou negativado, no termo mais correto).

Porém, a entidade oferece a oportunidade de renegociação junto aos lojistas. Às vezes, inclusive, com descontos vantajosos.

Controlar a pontuação de crédito

Recentemente a instituição trouxe um site no qual você pode acompanhar toda e qualquer mudança em seu score.

Diferença entre SPC e Serasa

Ah, quantas vezes você já viu o nome SPC bem próximo ao do Serasa, certo?! Pois bem, ainda que sejam birôs (os dois mais importantes do mercado), eles têm atuações distintas. Abaixo, vamos explicá-las.

Para o que serve cada um?

A atuação desses órgãos se diferencia muito dentro do mesmo nicho que atuam. Ainda que órgãos de proteção ao crédito, o SPC busca ter um relacionamento maior com lojistas. Ou seja, é aquele que você mais tem dados, já que é onde está a maior parte do seu consumo.

O Serasa, por sua vez, tem maior atuação junto a bancos e instituições financeiras. Ou seja, é quando você vai pedir crédito, como um empréstimo, financiamento, cartão de crédito e etc.

Taxas

Até pouco tempo, havia uma diferença clara entre eles: o SPC cobrava pela consulta de dados. Na verdade, ainda cobra, de forma detalhada. Mas, nos últimos meses, o órgão lançou um site com consulta gratuita ao score.

Nesse caso, o Serasa foi pioneiro, pois sempre teve um plano gratuito de consulta à pontuação. Porém, tal qual o SPC, tem um modelo de pagamento à parte.

Sistemas

O sistema do SPC é alimentado pelas Câmaras dos Dirigentes Lojistas. Ou seja, é o comércio em geral que fornece seu comportamento junto ao mercado.

Já o Serasa, por sua vez, tem nas instituições financeiras a grande força motriz que alimenta seus bancos de dados. Além disso, protestos de títulos, ações judiciais e cheques sem fundos também costumam ingressar no bolo.

Como o Serasa impacta a sua vida

Como você viu acima, o SPC é um órgão que tem um grande peso no seu cotidiano, já que apresenta uma qualificação do seu comportamento junto ao mercado. Essa métrica pode ser facilmente entendida da seguinte forma:

  • 0 – 200 score de pontos: Um score muito ruim, no qual você tem pouquíssimas chances de crédito
  • 201 – 400 score de pontos: Esse score ainda é considerado como ruim, mas você passa a ter chances maiores de crédito
  • 401 – 700 score de pontos: Com esse score, suas chances aumentam, mas ainda é considerado preocupante
  • 701 – 900 score de pontos: Com esse score, dificilmente uma loja vai te negar um crediário.
  • 901 – 1000 score de pontos: Esse score te dá total confiança no mercado

Empréstimos

Imagine que você precise de um empréstimo para comprar uma geladeira? Quanto melhor for seu relacionamento com o mercado, melhores serão as condições. E é o SPC que aponta isso para os lojistas.

Cartões de crédito

A mesma lógica se aplica aos cartões de crédito. Você conseguirá bons cartões de lojistas com um SPC score alto.

Financiamentos

Assim como os demais, o SPC também possibilita que você consiga taxas mais em conta no financiamento, desde que tenha um bom comportamento junto ao mercado.

Crediários

E até mesmo os tão famosos crediários são impactados pelos dados fornecidos pelo SPC. Com eles, suas taxas são menores, enquanto a possibilita de aceite são expandidas.

Conclusão

Deixe de lado essa história de que o SPC é um vilão. O birô, na verdade, é um órgão que te ajuda a criar uma rotina de melhor comportamento com o mercado.

Ao detalhar seu comportamento, ele faz com que o lojista tenha maior confiança em lhe conceder crédito e consequentemente, você paga menos por isso, pois os juros diminuem e as condições de acesso ao crédito ficam facilitadas.

Se sua situação financeira for ruim, ao regularizar, você também será recompensado. Por isso, busque sempre acompanhar sua situação financeira e não deixe seu nome ser negativado!