Conheça os principais tipos de seguros que existem e quais você deveria ter

Entenda como funciona cada tipo de seguro: de vida, de automóvel, residencial, entre outros!

Conheças os principais tipos de seguros que existem

É notório que em algum momento da vida você foi surpreendido por algum vendedor na oferta de adquirir seguros. Os seguros são necessários e parceiros para eventuais sinistros que possam bater à porta em algum dia na vida. Seja na casa/apartamento, carro, moto ou numa eventual viagem dentro ou fora do país, esteja assegurado!

A concorrência das empresas de seguros é o carro chefe para aqueles que desejam opções e melhores condições dentro do país. Podemos dizer que são muitas e os clientes vão querer ter por perto uma seguradora que cuida da sua vida ou patrimônio.

Existem ainda os seguros para quando se passar tais dias aqui na terra. Sim, bastante adquirido pelos clientes os jazigos que até isso nos levam alguns centavos – no público também paga. Neste artigo vamos tirar dúvidas e aguçar a curiosidade sobre quais empresas podem pesquisar.

O que são seguros?

Os seguros são contratos firmados entre empresas e contratantes que desejam ter um serviço à disposição para casos sinistros que envolvem bens ou vidas. Vai depender do ofertante e de quais benefícios o indivíduo terá para gozar dentre aqueles privilégios firmados em contratos.

A ideia de se ter um seguro é para casos de sinistros dentros de imprevistos que podem impactar a sua vida pessoal e isso inclui também os materiais que o cercam, como por exemplo, carros, casas e vida.

Seguros individuais

Os denominados seguros individuais ou pessoas físicas, são voltados às pessoas que firmam contratos com seguradoras que vão arcar com riscos de forma integral no caso do contratante sofrer de algum mal súbito, sinistros variados etc, que estarão destacados em tabelas determinados valores para que o cliente tenha à disposição essa “proteção”.

Seguros coletivos

Esse tipo de seguro é bastante comum entre famílias possuírem acordos comuns que visam o bem-estar de todos.

Outro ponto é que pessoas físicas ou jurídicas (sociedades, organizações sem fins lucrativos, associações profissionais ou de classe) também buscam aderir a esse tipo de contrato que vai beneficiar a todos numa mesma apólice.

Para que servem os seguros?

É uma alternativa que as pessoas buscam em proteger patrimônios ou a si mesmo. Ao firmar contrato com a seguradora fica determinado que existirá um valor em prêmio em caso de sinistros.

O que automaticamente acionará o contrato conforme destacado nas cláusulas para que o cliente não tenha problemas numa eventual situação complexa que exigirá deste direito. Tudo fica documentado em contrato.

Como funcionam os seguros?

Na prática, o seguro de vida serve para proteger aquilo que o cliente determina. É bastante comum que seguros estejam atrelados a vida do cliente para casos de morte natural ou acidental.

O beneficiário recebe os recursos para ajudar nas despesas mensais ou quaisquer valores que estejam em dívida – parada ou em andamento.

Existem também aquelas dívidas em andamento que o próprio segurado recebe o valor contratado que visa suprir quaisquer necessidades do acidente.

Já em caso de doenças fica a cargo do seguro pagar o tratamento do cliente ou entregar o valor total daquela da indenização.

Apólice

A apólice é o documento que comprova o contrato entre empresa e cliente. Será na apólice que haverá a comprovação do contrato firmado e quais benefícios o contratante terá como direito após firmado os valores e meios de pagamentos no acordo estabelecido entre ambas as partes.

Prêmio do seguro

No próprio contrato existirá os acordos estabelecidos entre ambas as partes e os valores em prêmio que o segurado deverá receber em eventuais situações de acionamento da cláusula de proteção sendo ela de vida ou proteção de algum bem material como casas, carros, motos etc.

Franquia

A franquia do seguro fica descrita na apólice após o fechamento de contrato entre ambas as partes. Ela precisa ser paga pelo segurado em caso de sinistros.

Vale enfatizar também que os valores do dano do sinistro não ultrapassem os valores estipulados da franquia determinada, o segurado não receberá a sua devida indenização conforme em contrato.

Principais tipos de seguros oferecidos no Brasil

Os seguros mais conhecidos no país estão nos carros e motos. Até porque o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no levantamento feito em 2020 apontou que existem emplacados em todo território nacional um total aproximado de 108 milhões de veículos sendo que 58 milhões são carros e 24 milhões motos.

Com isso, o mercado é bastante concorrido e devido às condições de segurança e estradas em alguns pontos torna-se necessário ter contratos de proteção ao bem.

É praticamente difícil o cidadão não sair de uma concessionária sem estar devidamente protegido com o seguro.

Seguro de vida

O seguro de vida é uma apólice em contrato firmado entre seguradora e cliente que visa garantir indenização aos herdeiros ou familiares diretos em casos de mortes naturais ou acidentais.

Nesse tipo de seguro estão incluídos também casos de invalidez permanente, doenças graves, diárias de incapacidade temporária (fraturas e cirurgias) e assistência funerária.

E outro ponto é que os valores de indenização não podem ser incluídos no inventário, deve-se liberar o dinheiro de forma rápida e sem o recolhimento do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis (ITD).

  • Valor médio: R$ 790,00.
  • Cobertura: Morte, invalidez, doenças, danos ao patrimônio etc.
  • Prazo: Pagamentos em 12 meses com renovação.

Seguro residencial

O seguro residencial é voltado para pessoas que possuem casas ou apartamentos e que desejam adquirir uma apólice nas coberturas multirriscos.

Nesses seguros estão incluídas causas contra incêndios, explosões e outros danos ao patrimônio que a seguradora poderá destacar para serviços.

É destacado também em contrato causas que envolvem roubos, furtos e demais sinistros dentro do ambiente ou fora.

Seguro de veículos

O Brasil que é possuidor de um frota total de quase 108 milhões de veículos no geral é também um grande possuidor de contratos com seguradoras para garantir o melhor para os veículos particulares.

Dessa forma, ficam incluídos nas apólices alguns adendos sobre sinistros em ruas e também em caso de roubos e furtos. Sem falar que problemas mecânicos e fenômenos climáticos também fazem parte do contrato.

Seguro viagem

Os viajantes gostam e é recomendado ter um seguro dentro ou fora do país em caso de passeios individuais ou em família.

Nesse tipo de seguro é definido pagamentos em indenização devido aos sinistros cobertos (morte, invalidez, perda, roubo, consultas médicas, odonto, remédios, traslados, assistência jurídica e outros).

Confira no contrato antes de viajar e mantenha-se informado sobre as condições do país que está visitando, principalmente quando se é novo em pegar voos.

Seguro para PETS

Os donos de animais de estimação poderão ter um seguro que vai ajudar os animaizinhos nos planos de saúde voltados aos ambulatoriais e com pacotes que envolvam despesas, internações e eventuais tratamentos. As sessões de fisioterapia também estão nos pacotes.

Seguro para celulares

O mundo tornou-se cada vez mais global com a chegada das ditas tecnologias 2.0 que englobam os smartphones.

E pensando no bem-estar dos clientes, também está na lista das seguradoras os celulares que vão cobrar danos físicos, elétricos, além de furtos e roubos.

Seguro patrimonial

O seguro patrimonial possibilita coberturas multirriscos sobre incêndio, queda de raio ou explosão. Sem falar que riscos como: roubo e furto e acidentes que envolvam desmoronamento também são listados no contrato.

Seguro agrícola

O povo brasileiro que reside no campo também poderá ter a oportunidade na adesão de seguros voltados ao setor agrícola.

Esse tipo de contrato fará a cobertura de sinistros à produção agrícola devido às situações por fenômenos climáticos, incêndios nas lavouras, chuvas com excessos, raios, granizos, além de mudanças climáticas com muito vento e frio que podem causar danos às plantações.

Além disso, esse tipo de seguro visa cuidar desde o plantio até a colheita. Caberá ao produtor avaliar o contrato. Alguns contratos podem conter situações contra pragas.

O que avaliar na hora de contratar um seguro?

Deve-se avaliar a gama de sinistros cobertos e valores que caibam no bolso do cliente (segurado). Procure fazer uma vasta pesquisa no mercado sobre as melhores condições para que não ocorra problemas no futuro no que diz respeito a indenização.

Faça uma varredura em sites de empresas que oferecem seguros e compare, faça contas e se possível entre em simulações para saber os devidos benefícios ofertados.

Necessidade

Todo seguro começa pela necessidade do cliente em se proteger de eventuais sinistros que possam vir a trazer ônus na vida do segurado.

E para isso, deve-se procurar uma seguradora que atenda dentro das condições reais com base no que o cliente deseja. A ideia é pesquisar.

Cobertura

Procure por seguros que tenham coberturas vantajosas e que realmente em contrato cumpram com o combinado e busquem cuidar dos anseios de cada cliente.

Vale ressaltar que cada seguradora trabalha com formas diferentes em seus contratos e é necessário avaliar a melhor opção.

Prazos

Muitos seguros precisam de um tempo de carência para garantir o combinado perante aos seus clientes.

Vale destacar que existem seguros em que o prazo já é definido assim que o contrato é assinado e feito o primeiro pagamento naquele momento e o número de parcelas coincide até 12 meses com renovação automática a partir da 13ª parcela que corresponderá um novo ciclo dentro das ofertas previstas.

Relação custo-benefício

O cliente precisará atentar-se aos valores ofertados no mercado e que podem se transformar em dores de cabeça.

Caberá à seguradora explicar os detalhes do contrato e informar que durante um certo tempo estando como cliente os valores receberão reajustes e o cliente precisa ser alertado para que não tenha surpresas desagradáveis.

Mas, alguns são interessantes e valem sim o investimento. Caberá a pesquisa feita pelo cliente.

Como escolher uma boa seguradora?

Uma boa seguradora precisa ter elementos e atributos que façam sentido aos olhos do cliente. São necessários dentro das cláusulas contratuais informações sobre os prêmios que vão ditar o que é e como será recebido pelos segurados.

O cliente também precisará entender os riscos no contrato do não cumprimento de algumas cláusulas apontadas.

Estudar a apólice e a indenização vigente é o caminho a ser feito pelo segurado para que em eventuais sinistros não tenha surpresas que desagradam. A ideia é como se fosse um bom casamento.

Melhores seguradoras do Brasil

A partir de agora vamos apontar quais são as principais seguradoras do país e o que elas oferecem aos seus clientes.

Como já passamos informações sobre o que é um seguro e alguns caminhos que precisam ficar atentos na hora de assinar o contrato, confira abaixo as principais informações.

AIG Seguros

A AIG Seguros é uma empresa com 100 anos de existência com um amplo catálogo de ofertas e seguros para todo o tipo de pessoa.

Na sua lista encontram-se seguros contra furtos e roubos e outros. Mas vale destacar que a empresa atua também no ramo de riscos ambientais para comércios, indústrias, transportes e obras. No Brasil ela está há 70 anos.

LuizaSeg

O seguro da Magazine Luiza é voltado para coberturas de 12 meses em conserto e reposição de aparelhos em casos de sinistros que envolvam eletrodomésticos após o cliente efetuar compras nas lojas Magalu.

Bradesco Seguros

O Bradesco Seguros é bastante conhecido pelo público brasileiro por oferecer uma gama de produtos aos seus clientes e um contrato vantajoso que tornou a empresa referência e líder nesse segmento no país.

Caixa Seguradora

A Caixa Econômica também possui um seguro próprio que divide os seus produtos em quatro opções voltadas à família, bens, sonhos e saúde. Seguindo essa lógica, os clientes poderão se orientar em fechar contratos.

Itaú Seguros

Os serviços aqui apresentados visam ajudar os clientes com planos personalizados conforme a real necessidade do segurado.

Os preços são acessíveis e os atendimentos exclusivos. Existe o Itaú Auto e Seguro de Vida que vão somar na vida para momentos relaxantes e de bem-estar.

BB Seguros

No BB Seguros o cliente quita ou amortiza as dívidas pessoais e da família com um crédito liberado pelo banco no intuito de sanar ou aliviar o bolso da família.

Sem falar também que existem os seguros para veículos que retornam ao cliente prêmios e oportunidades exclusivas.

Porto Seguro

A Porto Seguro é ideal e tem tradição no mercado nacional. A empresa existe desde 1945 e é conhecida por oferecer proteção veicular e residencial.

O vasto portfólio implica em grandes oportunidades e soluções de crédito aos seus clientes. A base atual é de mais de 10 milhões de segurados.

Azul Seguros

A companhia aérea Azul é conhecida também por ter um dos preços mais baixos do mercado voltados para coberturas básicas.

É ideal para pessoas sem muito dinheiro para investir e atende na proteção veicular.

Liberty Seguros

A marca americana que leva a Estátua da Liberdade na marca é conhecida por trabalhar com seguros residenciais, vida, auto e outros. Sem falar no clube de benefícios que somente a empresa oferece e descontos.

Seguradora Líder

Os motoristas provavelmente conhecem a Líder, não pelos seguros privados que ela não oferece e sim por estar à frente da e ser a administradora do Seguro DPVAT — que é a proteção a todos os brasileiros para acidentes de trânsito.

HDI Seguros

Os alemães da HD Seguros estão no país desde os anos 80. A empresa é responsável por fazer contratos de seguro para residências, carros e empresas que assim desejarem estar protegidas contras sinistros.

Sompo Seguros

A Sompo além de oferecer os já tradicionais seguros conhecidos é mais uma que atua também no mercado de seguros para saúde com planos diversos e chamativos aos seus clientes. Empresas também são bem vindas.

SulAmérica Seguros

A empresa possui corretores independentes que oferecem seguros de veículos, casas e vida. Sem falar que possui uma vasta clientela espalhada pelo país e está entre as que mais atuam no mercado nacional.

MAPFRE Seguros

A empresa possui alguns contratos de parcerias com empresas, como a conhecida BV, e é uma das mais buscadas por servidores e aposentados que vivem da previdência social, além de produtos residenciais.

Allianz Seguros

Mais outra empresa que possui uma cartela de corretores independentes. A empresa também está na concorrência das demais em oferecer os seguros para vida, carro e residência. Mais opção ao cliente.

Unimed Seguros

A Unimed Seguros também é conhecida por cuidar dos clientes que pretendem fazer viagens anuais, além de oferecer apoio em sinistros nas casas e apartamentos dos clientes. Saúde e bem-estar também estão na pauta.

Passo a passo para contratar um seguro

Foi pensando nos riscos diários dos cidadãos dentro e fora do Brasil que as corretoras de seguros ofereceram melhores condições aos seus clientes em contratos para seguros que visam cuidar da saúde, lar, carro, moto e outros.

Com isso, os clientes foram apontados aos cuidados dos corretores que são responsáveis por fazer a intermediação entre o segurado e a seguradora. Vale reforçar que são oficiais.

É nessa intermediação que o cliente começa a ter contato com os diversos contratos que terão como opção os seguros que mais lhe agradam e fazem sentido em pagar mensalmente. Tudo isso é apresentado pelo profissional gabaritado da empresa: corretor.

Após as apresentações das propostas disponíveis na empresa e que coincidem com os desejos do cliente, haverá a leitura e análise dos planos ou simulação de valores contidos, somadas às condições e assinatura de contrato. Tudo deve estar contido na apólice para assim ocorrer a assinatura.

Vale ressaltar que o cliente deve conhecer as propostas antes de assinar e a empresa cumprir com o que reza no contrato.

Como acionar um seguro?

O cliente que necessitar acionar um seguro deverá levar em conta o que está na apólice. Avaliar os sinistros e saber o que o seguro poderá cobrir ou não.

Feito isso entre em contato via aplicativo, telefone ou por algum e-mail numa eventual situação de sinistros que poderá ser na rua ou até mesmo dentro da própria casa.

Tanto cliente, quanto seguradora precisam se atentar no que está descrito em contrato e rezar o acordo conforme assinado e pago pelo segurado. E lembre do valor da franquia.

Conclusão

Se você chegou até aqui e conseguiu tirar as dúvidas e aguçou a curiosidade em ter um seguro para o carro, moto, casa e outros, vale a pena sim e é necessário na sociedade em que vivemos.

Ter um seguro é ter a segurança de que dependendo do sinistro existe a real possibilidade em ter os valores recebidos de volta e amenizar tais prejuízos!