Saque-aniversário do FGTS: Como funciona e como fazer

Confira neste guia exclusivo tudo sobre o saque-aniversário do FGTS, que é uma maneira de ter dinheiro rápido e sem burocracia uma vez no ano!

Mulher no celular acessando o aplicativo do FGTS para fazer a consulta do valor do saque-aniversário do FGTS

O Saque-Aniversário do FGTS é mais uma opção para os trabalhadores brasileiros, inclusive já tem o calendário de 2022 à disposição para consulta. Trata-se de uma oportunidade de ter uma renda extra fácil e rápida, seja para fazer pequenos investimentos, quitar dívidas ou resolver melhorias dentro de casa, como aquela reforma de emergência não prevista no orçamento.

A ideia é mais uma iniciativa do Governo Federal, onde desde 2019 tem ajudado milhares de famílias brasileiras a terem crédito sem burocracia na hora do sufoco financeiro.

Assim, o saque-aniversário é o parceiro para situações que necessitem de um “up” na vida de qualquer pessoa, tudo através do saldo da sua conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Então, se você tem dinheiro na sua conta do FGTS (ativa ou inativa), confira conosco neste guia completo tudo como sacar até cinco parcelas do seu bônus de aniversário!

O que é o Saque-aniversário do FGTS?

O Saque-Aniversário do FGTS é como se fosse o 13ª salário quando falamos em benefícios e oportunidades para os trabalhadores brasileiros.

Desde 2019 quando foi aprovado pelo Governo Federal, tem sido um forte aliado nas finanças das famílias, visto que é um valor que pode ser sacado do seu FGTS uma vez ao ano, próximo a data de aniversário da pessoa.

Nesse caso em específico não há taxas para o saque, visto que é um direito do trabalhador realizar um saque por ano.

Porém, quem optar pela antecipação do saque-aniversário está contratando um empréstimo e nesses casos em específico há juros.

Mas, mesmo a antecipação vale muito a pena se comparado a outros tipos de empréstimos, seja para ter uma renda para manter as contas de casa em dia ou para investir em seus sonhos.

Como funciona o Saque-aniversário?

Desde 1966 que o Fundo Garantidor por Tempo de Serviço (FGTS) tem feito parte da vida dos brasileiros que possuem carteira assinada e também para aqueles que prestam serviços via contrato.

Durante a sua criação ficou acordado que seria uma espécie de “Poupança, que com o tempo fosse ajudar os trabalhadores em momentos como a perda do emprego ou na manutenção de suas casas.

Assim, ao longo dos anos criou-se o saque-aniversário do FGTS, que é uma opção de resgate do valor para o beneficiário, seja para pagar contas ou fazer investimentos.

Na prática, o trabalhador que quiser aderir ao funcionamento do programa, precisa contratar o serviço pelo aplicativo ou site da Caixa e não paga juros por sacar seu valor anual.

Além disso, muitos bancos e financeiras hoje em dia trabalham com o empréstimo do saque-aniversário, onde é possível antecipar algumas parcelas, mas aí tem a cobrança de juros.

Vale reforçar que se o trabalhador for mandado embora sem justa causa ele poderá ter direito ao saque do dinheiro na sua conta do FGTS para financiamento na compra de um imóvel, aposentadoria, doenças graves e/ou falecimento.

No caso dos apresentados, é liberado o saque de somente uma parcela por ano, para casos com mais necessidades e ações.

Como aderir

Por não ser obrigatório, o trabalhador que quiser solicitar o Saque-Aniversário precisa se atentar a data limite, que é o último dia de cada mês de aniversário.

Por exemplo, se você faz aniversário no mês de julho, então poderá solicitar na Caixa Econômica Federal o saque do seu FGTS até o dia 31 de julho.

Caso tenha passado a data limite, o benefício só ficará à disposição no ano seguinte. Além disso, se o dono do FGTS for mandado embora sem justa causa, poderá receber o valor correspondente ao desconto (8% ou 2%, dependendo da categoria).

Como desistir do saque-aniversário

Caso o trabalhador desista de ter pedido o saque-aniversário do seu FGTS, somente terá à disposição a modalidade anterior, que corresponde ao valor quando se é demitido, depois de dois anos.

Quando é possível optar pelo saque-aniversário?

A partir do momento que é feita a solicitação no ano vigente e dentro do período do aniversário da pessoa, o indivíduo terá cerca de três meses para efetuar o saque com os recursos em destaque.

O site da Caixa deixa em completo as datas limites para cada mês e vale reforçar que caso perca a data, somente no ano seguinte terá uma nova oportunidade.

Calendário

O cronograma de pagamentos do saque-aniversário do FGTS para 2022 já foi divulgado pelo governo, confira a seguir as datas para sacar o valor de acordo com seu mês de aniversário!

Qual é o valor do Saque-aniversário?

Os valores para o Saque-Aniversário vão depender do saldo em conta do beneficiário. Mas, o valor exato poderá ser averiguado no aplicativo do FGTS da Caixa.

Via regra geral, a base de cálculos do valor de saque do FGTS seguirá conforme a regra abaixo:

Como calcular o valor do saque?

Coloque o valor da parcela fixa a quanto sacará da conta. Por exemplo, se você tem na sua conta do FGTS o valor de R$2.000,00, então, pode sacar 30% mais R$150,00, o que equivale a R$750,00.

É possível antecipar o saque-aniversário?

Sim! Desde de 2020, em decorrência da crise financeira causada pela pandemia do coronavírus, o Governo Federal liberou a antecipação do saque-aniversário do FGTS.

É possível que o beneficiário antecipe até cinco parcelas do seu saldo do FGTS, o que dependerá do Banco.

Por exemplo, na Caixa o trabalhador só pode antecipar até três parcelas, enquanto no BMG o beneficiário poderá solicitar até cinco parcelas.

Mas, lembrando que a antecipação do saque-aniversário é um empréstimo e sendo assim, os bancos e financeiras liberados pelo Banco Central a realizar tal serviço poderão cobrar juros.

Quem tem direito ao Saque-aniversário do FGTS?

Todo empregado de regime CLT ou contrato poderá solicitar o saque-aniversário do FGTS de maneira não obrigatória, mesmo não sendo demitido.

Esse benefício corresponde às possibilidades de retirada de apenas um valor, conforme destacado pelo Governo Federal.

A operação é totalmente gratuita e não exigirá esforço do trabalhador comum. Basta apenas receber o dinheiro em casas lotéricas e em terminais de autoatendimento – neste caso, basta possuir senha do Cartão Cidadão.

E por não ter obrigatoriedade de saque, caso não ocorra por algum motivo particular, o valor retornará à conta do beneficiado normalmente.

Como saber se tenho direito ao saque aniversário de 2022?

O primeiro saque-aniversário começa exatamente no primeiro dia útil de cada mês e fica disponível até o dia do segundo mês subsequente.

Por não ser obrigatório, caberá ao dono da conta do FGTS ter como meta avaliar a necessidade de fazer o saque ou não.

Como muitos dizem é apenas para situações emergenciais que possam melhorar a vida de cada um. Mas, você irá avaliar a necessidade de pedir o saque-aniversário ou não.

Vale a pena fazer o Saque-aniversário do FGTS?

Caberá ao trabalhador brasileiro em fazer essa avaliação de sacar ou não. Muitos trabalhadores utilizam o saque-aniversário para situações de emergência, que poderão fazer sentido naquele momento.

Mas, pode também ser encarada como uma fonte de renda extra, que poderá servir de alívio no orçamento ou até mesmo para investir e fazer seu dinheiro render mais.

Em muitos casos, os beneficiários sacam a quantia disponível do ano para fazer pequenos investimentos, como deixar rendendo em uma conta que paga mais de 100% do CDI, investir no Tesouro Direto, enfim.

Além disso, um dos casos onde é bastante indicado solicitar o saque-aniversário do FGTS é para realizar pequenas reformas em casa. Já se for usar para gastar sem propósito é algo não muito aconselhável.

Vantagens

Por ser um dinheiro extra que poderá ajudar nas finanças da casa ou no pagamento de uma conta emergencial é tido sim como vantajoso.

Sem falar também que além da parcela de saque, existe outra chamada como adicional fixo, mas vai depender do quanto o usuário terá em conta.

Desvantagens

Como nem tudo são flores é preciso salientar que na medida em que se efetua o saque os valores somados no FGTS são diminuídos.

Além disso, após a escolha do saque-aniversário e sua negativa logo em seguida, acarretará a espera de no mínimo 2 anos para o saque-rescisão.

Informações importantes sobre o saque-aniversário do FGTS

Quem escolher sacar o valor de aniversário do FGTS perderá o direito de sacar o valor total em caso de demissão por justa causa. Mas, permanece com o direito dentro das modalidades de rescisão, por exemplo:

  • Ter acesso aos 40% de rescisão em caso de demissão
  • Saque de emergência
  • Doenças graves
  • Aposentadoria

É preciso solicitar o benefício

Para ter acesso ao saque-aniversário basta ter o aplicativo do FGTS ou entrar no site da Caixa Econômica Federal.

Seu FGTS ficará limitado

Ao efetuar saques, os valores tendem a diminuir com o tempo. Por isso é aconselhável somente dar esse passo em caso de necessidade.

Como sacar o dinheiro do saque-aniversário?

O saque-aniversário poderá ser feito de maneira prática e visa o combate de fraudes. Para isso é necessário ter em mãos o aplicativo do FGTS disponível nas lojas Google Play e App Store para smartphones Androids e IOS, respectivamente.

Mas, não é porque é tudo feito pelo celular que não é seguro. Pode ficar tranquilo, pois o aplicativo da Caixa conta com tecnologias que garantem sua segurança.

Veja a seguir o passo a passo de como sacar o valor de aniversário do FGTS:

  • Baixe o aplicativo no seu celular
  • Entre com os dados cadastrados no FGTS
  • Insira os dados necessários (PIS/PASEP e senha pessoal)
  • Verifique que não é um robô clicando nas imagens que são pedidas
  • Na tela inicial do aplicativo, vá em “saldo total do FGTS”
  • Para acessar a movimentação das contas (cada uma é relativa a um emprego formal), toque em “acessar meu FGTS” e depois em “ver extrato”
  • Para tirar o extrato toque em “gerar extrato PDF”

Conclusão

Portanto, chegamos ao fim do nosso guia especial sobre o saque-aniversário do FGTS e esperamos ter esclarecido as suas dúvidas sobre o assunto.

Então, agora que você já sabe o que é, como funciona, quais são os casos onde é possível fazer o saque e como sacar, avalie a sua situação e veja se há a necessidade!