CDI: O que é essa taxa e como afeta seus investimentos?

É investidor de renda fixa? Então, precisa ler este guia rápido que montamos para você entender melhor sobre o que é CDI e como afeta sua rentabilidade!

como o CDI afeta os investimentos

O brasileiro dá preferência para os investimentos em renda fixa ao invés da renda variável e por isso é tão importante entender mais sobre o que é e como funciona a taxa CDI, visto que esse é um dos principais indexadores da renda fixa.

É o CDI que influencia diretamente na rentabilidade do seu investimento, ou seja, quanto o seu dinheiro vai se multiplicar até o prazo de vencimento da aplicação.

Por isso, é essencial você saber mais sobre essa taxa na sua vida financeira, principalmente no que diz respeito à formação do seu patrimônio ao investir dinheiro.

Então, continue conosco que preparamos este guia rápido para você saber exatamente o que é, como afeta e quanto rende um investimento financeiro fixado a taxa CDI! Vamos começar?!

O que é a taxa CDI e como essa funciona?

CDI quer dizer Certificado de Depósito Interbancário/Interfinanceiro. Basicamente, podemos dizer que essa é uma taxa que determina o rendimento de operações realizadas entre instituições bancárias ou financeiras, como um investimento, por exemplo.

A taxa CDI nomeia os empréstimos que as instituições fazem entre si para fechar o caixa com saldo positivo ao final do dia.

Na prática, o CDI é formado pela compra e venda de títulos entre bancos ou financeiras. A principal diferença do CDI para a Selic é que o CDI é focado em investimentos privados, enquanto a Selic em títulos públicos.

Por exemplo, você pode investir seu dinheiro em um CDB que está rendendo 200% do CDI ou aplicar seu dinheiro na poupança, rendendo 70% da taxa Selic.

Qual a importância do CDI em seus investimentos?

Entender o que é CDI é importante para a escolha do melhor lugar para deixar seu dinheiro aplicado e rendendo.

Ou seja, essa taxa é essencial para dizer o quanto seu dinheiro irá trabalhar por você, em outras palavras, quanto pode entrar no seu bolso ao final do investimento.

Mas, atenção, pois somente os investimentos de renda fixa que tem rendimento atrelado ao CDI, como é o caso dos CDB’s, LCI’s e LCA’s.

Porque o CDI afeta o seu dinheiro?

Uma pessoa comum pode não investir diretamente em um CDI ou comprar um título CDB do banco que tem conta, mas saiba que mesmo assim pode sofrer impacto no bolso.

Isso porque os bancos e instituições financeiras usam essa taxa para regular o rendimento de outros tipos de aplicações, o que significa que se você é investidor de renda fixa, então está sob influência dessa taxa.

Por isso, é muito importante entender o que é o Certificado de Depósito Interbancário/Interfinanceiro, pois de forma ou outra ele pode impactar seu dinheiro.

Na prática, existem dois tipos básicos de investimento no mercado brasileiro hoje em dia que são a renda fixa e variável.

No caso da renda fixa, podemos subdividir o rendimento do dinheiro em duas categorias:

  • Pré-fixados: são aqueles investimentos em que a taxa de rendimento já é estipulada na hora que o cliente escolhe a aplicação que irá investir, como é o caso da caderneta de poupança que segue a Selic.
  • Pós-fixados: são os investimentos em que a rentabilidade é definida na data de vencimento da aplicação, através de um índice de referência, como é o caso de quem investe em um LCA com rendimento atrelado ao CDI.

Afinal, quanto rende o CDI? Vale a pena?

Atualmente, a taxa CDI está fixada em 5,15% ao ano, menor do que a Selic, que está em 5,25%.
No entanto, a grande vantagem de investir em uma aplicação pós-fixada é que você pode mais do que dobrar o rendimento.

Por exemplo, hoje em dia o que não faltam são ótimas opções de investimentos que estão rendendo 220% do CDI.

Assim, se você investir R$5 mil reais em 30 dias, com um índice de 220%, quer dizer que seu dinheiro estará sendo multiplicado por 11,33%.

Com isso, ao final do vencimento, você terá em sua conta um total de R$45,10. Mas, lembrando que deste valor é preciso descontar a alíquota do Imposto de Renda.

Para aumentar a sua rentabilidade e diminuir os custos da tributação, o ideal é apostar em investimentos com maior prazo de aplicação.

Prontinho, esperamos que agora, a partir deste guia simples e descomplicado você tenha entendido melhor sobre o que é e como funciona o CDI em sua vida financeira.

Inclusive, este é o momento ideal para investir em renda fixa, visto que quando a inflação está em alta, a tendência é que taxas como Selic e CDI subam, ou seja, maior será seu rendimento!