Não fique aí parado! Comece a poupar dinheiro agora mesmo

Poupar dinheiro pode ser um divisor de águas em sua vida financeira e nós vamos lhe explicar os motivos neste conteúdo completo! Aproveite!

mulher no escritório inserindo uma moeda em um cofre de porquinho branco pequeno para poupança

Se tem uma coisa que o brasileiro tem dificuldade é poupar dinheiro, não é mesmo? Hoje em dia, é difícil fazer sobrar alguma grana até o final do mês, mas mesmo quando sobra, arrumamos no que gastar…

E esse hábito é bem mais comum do que imaginamos e vem de muito tempo… Inclusive, o dinheiro sempre foi visto como poder de compra, ou seja, esse recurso foi criado com o objetivo de realizar trocas comerciais de bens, serviços ou qualquer coisa à qual atribuímos um determinado valor.

Mas, aos pouquinhos, conforme vamos conhecendo os princípios da educação financeira, estamos nos dando conta de que o dinheiro não foi feito só para comprar e pagar contas. Ele pode também nos ajudar a construir uma reserva financeira, isto é, uma poupança para o futuro.

Há quem tenha a meta de juntar grana para casar, para fazer um intercâmbio fora do país, comprar a casa própria e até mesmo quem queira saber como poupar dinheiro para viajar e desbravar mundo a fora.

O fato é que não importa a meta, desde que você consiga poupar dinheiro mensalmente, nem que seja uns trocados apenas. Isso é investimento em você, em sua família e na qualidade de vida de vocês. 

Então, para lhe provar que a sua vida financeira pode ir do 0 ao 100 em pouco tempo, preparamos este guia exclusivo com três razões pelas quais você precisa começar imediatamente a juntar dinheiro, nem que seja para guardar debaixo do colchão! Vamos lá!

Afinal, o que é poupar dinheiro?

Ainda existe muita confusão sobre poupança e investimento. Muitas pessoas acreditam que poupar é investir, ou seja, que aquelas moedas que juntamos ao longo do mês no cofrinho não são uma poupança ou não tem valor se não estiverem aplicadas…

Claro que a ideia é se arriscar um pouquinho mais, no qual você pode começar reservando 5% da sua renda mensal para poupar

Mas, isso não quer dizer que seja obrigado a deixar esse valor em um investimento no banco, pois você pode ter esse dinheiro guardado em casa.

Então, antes de querer saber como fazer e o quanto juntar, você precisa saber exatamente o que é poupar.

Nesse sentido, entende-se por poupança uma parte da nossa renda mensal que não consumimos, isto é, que não gastamos, que sobra após pagar todas as contas e cumprir todas as obrigações financeiras do orçamento do mês.

Além disso, poupar dinheiro também significa deixar de consumir algo no presente para aproveitar depois, no futuro.

Por exemplo, você deixa de gastar R$100,00 em roupas todo o mês e reserva esse valor para uma viagem que pretende fazer no final do ano. 

E nem precisa ser exatamente poupar em compras, mas também mudando pequenos hábitos do dia-a-dia.

Estamos falando de promover economias diariamente, como diminuir o consumo de luz e água, utilizar o gás de cozinha com mais consciência para durar mais, escolher planos de assinatura de serviços mais em conta, enfim.

Tudo isso também é poupança, uma vez que diminuindo o valor da conta, sobrará mais dinheiro para você juntar e usar como quiser.

Então, agora que você já sabe o que é, chegou a hora de entender o porquê poupar dinheiro!

3 benefícios incríveis para quem tem o hábito de poupar

1. Aumento do poder de barganha 

Saber como poupar dinheiro ganhando pouco é uma missão e tanto, mas pode ser justamente o que você está precisando para ter uma vida financeira mais equilibrada.

Pense conosco: Ao invés de comprar algo a prazo, você já pensou em fazer o contrário? 

Tente colocar o dinheiro que seria utilizado para pagar as prestações na poupança e assim, quando tiver acumulado o valor que precisa, compre à vista.

Comprar à vista pode ser vantajoso em vários sentidos, como:

  • Evitar os parcelamentos que comprometem o nosso orçamento mensal;
  • Diminuir as chances de criar dívidas;
  • Comprar mais barato, considerando que os pagamentos à vista, normalmente, têm bons descontos;
  • Evitar comprar por impulso e usar seu dinheiro com algo desnecessário.

Então, se você quer dar um fim nessa vida de viver no vermelho, tendo que contar as moedas ao final do mês, comece a mudar a forma como lida com seu dinheiro!

2. Não pagamento de juros 

Existem planilhas e aplicativos para poupar dinheiro, mas o que ainda não existe é a consciência do brasileiro com relação ao uso do seu próprio dinheiro…

Somos uma das populações ao redor do mundo mais mal informadas e preparadas quando o assunto é educação financeira.

Isso reflete diretamente em nossas finanças, pois se não sabemos o valor do dinheiro, não conseguimos perceber sua importância em nossa vida, concorda?

Um bom exemplo disso é o nosso hábito de querer pagar tudo parcelado, seja no cartão de crédito ou no carnê.

Muitas vezes, mesmo tendo dinheiro sobrando, damos preferência ao parcelamento ao invés do pagamento à vista.

Boa parte disso vem do nosso imediatismo, ou seja, querer algo para agora, mesmo que seja mais vantajoso esperar até ter todo o dinheiro.

Mas, saiba que essa antecipação tem um custo: os juros, que seria como se fosse um “aluguel do dinheiro”. 

Os juros cobrados nas contas que fazemos, normalmente, são altos e podem vir a se tornar verdadeiros pesadelos em nossas finanças.

Não acredita? Pense na taxa de juros que você paga no rotativo do cartão de crédito, simplesmente por atrasar o pagamento integral da fatura…

Então, tenha em mente que mesmo que esse crédito facilitado seja um grande aliado durante o mês, se você não tiver controle de suas finanças, ele pode se tornar um grande inimigo.

Por isso, seja pedindo um empréstimo a um banco, realizando o sonho da casa própria através de um financiamento imobiliário ou usando o valor do cheque especial para se livrar de uma situação de emergência, saiba que tudo isso tem um preço.

Pode não ser o mais fácil e nem o modo mais rápido, mas se você poupar dinheiro por mês, com certeza será muito melhor para o seu bolso!

3. Ampliação de capital 

Como já mostramos, existe uma grande diferença entre investir e poupar. No dicionário, temos as seguintes definições:

  • Investir: significa fazer investimento financeiro; empregar, aplicar capital em;
  • Poupar: quer dizer gastar com equilíbrio; economizar. 

Assim, investir está associado a aplicar seu dinheiro agora, fazendo com que ele se multiplique no futuro, o famoso “faça seu dinheiro trabalhar para você”.

Por isso, tenha em mente que investir é a melhor forma de multiplicar seu capital e existem inúmeras maneiras para isso, como:

  • Fundos de Investimento;
  • Mercado de Ações;
  • Tesouro Direto;
  • CDB;
  • Entre outras opções interessantes.

Já quando nos referimos a poupar dinheiro, estamos falando de economizar, isto é, deixar de gastar e manter o recurso financeiro em uma posição passiva. 

E embora você ache que esse é um hábito desnecessário, saiba que poupar é muito importante para criar uma rotina de acumular recursos

As pessoas costumam poupar para alcançar seus objetivos como comprar algo, realizar uma viagem, pagar alguma dívida, enfim.

E sendo assim, o segredo é saber como poupar dinheiro e investir, ou seja, para ampliar o seu dinheiro não basta apenas não gastá-lo (poupar) é preciso também aplicá-lo (investir).

Quando você começa a dar mais valor para o seu dinheiro, tudo em sua vida flui melhor.

Por exemplo, economizando ao longo do mês, você consegue juntar dinheiro para criar uma reserva de emergência.

Tendo uma reserva financeira, suas finanças não ficarão comprometidas quando um imprevisto abalar o seu orçamento.

Ter dinheiro guardado significa tranquilidade financeira e isso é uma coisa impagável hoje em dia, considerando que todo mundo pode vir a passar por uma crise, como perder o emprego e ficar sem renda, por exemplo!

Conclusão

Portanto, esperamos ter lhe mostrado a importância de poupar dinheiro e que esses três motivos sirvam de gatilho para você ir em busca de seus sonhos

Muitas vezes, trabalhamos exaustivamente para ter dinheiro, para pagar todas as contas do mês, para comprar aquele eletrônico do momento, para conseguir finalmente o carro dos sonhos…

Mas, e quanto ao que realmente nos faz feliz? Será que estamos dando o devido valor ao nosso dinheiro e ao nosso trabalho?

Pense nisso e com certeza verá que o desafio para poupar dinheiro fará muito melhor a você do que sair por aí gastando sem controle!