Análise de crédito: Entenda o que é, como funciona e como fazer a sua

Dúvidas sobre o que é a análise de crédito e como as instituições determinam se você pode ou não ter crédito no mercado? Então, descubra aqui tudo sobre o assunto!

homem mexendo no computador fazendo uma análise de crédito

Se você faz parte do time dos brasileiros com renda baixa ou média, com certeza já ouviu ou leu por aí que “o seu pedido está sujeito a análise de crédito…”, não é mesmo? Mas, você sabe o porquê disso? E, como funciona essa análise? Em que critérios o banco ou a financeira se baseiam para avaliar o seu perfil?

Bom, mesmo sendo mais comum do que imaginamos em nosso dia-a-dia, ainda tem muitos consumidores que não fazem a mínima ideia do que é isso e logo, não entendendo como funciona, não conseguimos melhorar, concorda?

Então, antes de sair por aí solicitando um consórcio de veículos, um empréstimo para pôr as contas em dia, financiamento da sua casa própria, o cartão de crédito sem anuidade cheio de benefício, aumento de limite no cartão que você já usa ou abrir um conta em banco, é preciso entender como é feita essa análise, para ter mais chances. 

Por isso, preparamos este guia exclusivo sobre o assunto, para que você entenda exatamente o que é, como funciona e quais são as dicas para uma boa análise de crédito! Vamos lá?!

Afinal, o que é análise de crédito?

Tem dúvidas sobre o que é análise de crédito? Bom, trata-se de um procedimento que acontece em toda operação financeira, seja ela a abertura de uma conta bancária ou um financiamento imobiliário de anos.

Resumidamente, a análise de crédito nada mais é do que um conjunto de regras que ajudam as empresas, bancos e instituições financeiras a “acreditarem” que você consumidor será um bom pagador.

Essa análise pode variar de acordo com a credora, visto que cada uma tem liberdade para avaliar pontos que acha mais importantes antes de conceder crédito ao cliente.

Por exemplo, a análise de crédito para cartão de crédito pode ser bem mais simples do que para um financiamento, considerando que o valor da dívida, o tempo de pagamento e o comprometimento no orçamento do consumidor será bem diferente. 

Alguns dos fatores levados em conta são:

  • Situação da sua vida financeira (se está endividado ou negativado, por exemplo);
  • Valor do crédito a ser liberado;
  • Taxa de juros envolvida na operação;
  • Número de parcelas assumidas na dívida.

Esses são os principais fatores sujeitos a análise de crédito, pois são os que melhor definem as suas condições de pagamento. 

Como funciona a análise de crédito para pessoas físicas?

Agora que você já sabe mais sobre a análise de crédito o que é, chegou o momento de entender como funciona na prática, certo?!

Bom, para as instituições decidirem se podem ou não liberar o crédito solicitado, elas avaliam basicamente a sua vida financeira.

Algumas das informações analisadas nesse processo são:

Dados pessoais

Primeiramente é necessário conhecer você como pessoa e para isso, algumas informações básicas são solicitadas, como:

  • CPF e RG;
  • Estado civil;
  • Idade;
  • Nível de escolaridade;
  • Número de telefone;
  • Profissão;
  • Renda mensal;
  • Região onde mora.

Pode parecer bobagem esses critérios, mas saiba que eles fazem muita diferença na hora de conceder crédito ao consumidor. 

Por exemplo, pessoas mais jovens recém estão começando a vida financeira e provavelmente tem um histórico como pagador menor do que uma pessoa mais velha, que já compra e paga contas há anos.

Outro exemplo clássico é com relação à profissão e renda, onde um servidor público por ter um cargo mais estável e receber mais do que um trabalhador autônomo, por exemplo, tem menos chances de se endividar e sendo assim, é mais tranquilo liberar crédito. 

Restrições no nome

O famoso “nome sujo na praça” pode ser um dos maiores obstáculos na hora de conseguir crédito no mercado. 

É justamente por isso que as empresas avaliam se você tem pendências em seu nome

O modo mais prático e rápido de fazer isso é consultando a base de dados dos birôs de crédito, como o Serasa ou SPC.

Quanto mais débitos você tiver registrado em seu CPF e maior for o valor da dívida, menores as chances das instituições aprovarem o crédito solicitado. 

Perfil de crédito

A análise de perfil de crédito é utilizada por bancos e financeiras para saber como é seu relacionamento com o mercado. 

Nesse critério, é comum que seja feita uma avaliação sobre o seu Score de Crédito, que é a pontuação que demonstra a sua saúde financeira.

O ideal é sempre se manter acima de 600 pontos, pois é a margem onde o risco de inadimplência começa a diminuir. 

Renda familiar

O último critério a ser avaliado durante uma análise de crédito é na sua renda familiar mensal.

Poucas pessoas sabem, mas não é apenas o seu salário que é levado em conta durante a avaliação…

De modo geral, é feita uma análise da contribuição da sua renda no ambiente que vive. 

Com base no comprovante de residência, é possível que as empresas vejam se mais pessoas moram com você e se a renda é compartilhada. 

Uma família com mãe, pai e três filhos pequenos, onde apenas o pai está empregado no momento, tem um renda per capita menor do que uma família com menos filhos e onde o pai e a mãe tem renda fixa, por exemplo.

Tudo isso é levado em conta durante uma análise de crédito imobiliário ou qualquer outra linha de crédito solicitada. 

É com base na sua renda que a instituição irá determinar se a parcela caberá no seu orçamento mensal.

Prontinho, é assim que é determinada a aprovação ou negação quando você for solicitar crédito no mercado!

Posso fazer a minha análise de crédito pela internet?

Sim, é possível você mesmo fazer a sua análise de crédito online, basta acessar o portal do Serasa eCred.

Nesse site você consegue pedir uma análise de crédito grátis, sem ter que levar toda a documentação na empresa que deseja solicitar dinheiro emprestado.

Basicamente, é só você fazer um cadastro rápido, informando seus dados pessoais, responder algumas perguntas e pronto, só aguardar a resposta. 

A análise de crédito Serasa será feita pelas empresas parceiras, na área de cartão de crédito e empréstimos.

Outra forma também gratuita e prática de ver se você tem chances de conseguir crédito é através do Serasa Consumidor. 

Apenas informando o seu CPF você pode fazer uma consulta rápida em seu Score, sabendo exatamente como está a sua saúde financeira. 

Assim, se você ver que tem dívidas em seu nome, já sabe que precisará quitá-las antes de pedir crédito às empresas. 

Portanto, ferramentas para análise de crédito não faltam e o melhor de tudo é que você faz de casa mesmo!

Gostou de saber o que é e como funciona a análise de crédito? Agora, compreendendo melhor o processo, ficou muito mais fácil saber o que deve ser melhorado para ter seus pedidos aprovados, não é mesmo?!